O toque fresco dos citrinos

Em melhores mordidas tendências | 15/01/2015Comentários

 

 

A proposta de Pascal Meynard no menu de festa

 

 

 

Por Maria José Martins 

 

Na oferta gastronômica da hotelaria de luxo lisboeta é obrigatório destacar o majestoso restaurante Varanda do Ritz Four Seasons. De origem francesa, natural de Amiens, Pascal Meynard é o chef executivo responsável pela experiência gastronômica oferecida por esta grande unidade hoteleira de 5 estrelas, construída na década de cinquenta, com a missão de dignificar a hotelaria de luxo portuguesa e de projetar o nome de Lisboa internacionalmente. Localizado em pleno coração da cidade, com cerca de 290 quartos, numa das sete colinas de Lisboa, tem uma das vistas mais belas sobre o Tejo e a zona histórica. Um lugar privilegiado para o lazer e negócios, onde se encontram diariamente a elite politica e econômica de Portugal. Propriedade da família Queiroz Pereira, com uma já longa tradição industrial no país, o Ritz de Lisboa é gerido, desde os finais dos anos 90, pela célebre cadeia canadiana Four Seasons.

 

No período de festas, fomos testar a propostas de menu assinadas por Pascal Meynard. O chef trabalha há 6 anos no Grupo, depois de ter passado pela cozinha de alguns conceituados restaurantes franceses, incluindo de uma estrela Michelin, o Ithurria, na região basca, o Le Pré Catelan e o Le Pavillon Royal, em Paris. Por estes dias, o Ritz foi um dos hotéis de luxo mais procurados na capital portuguesa, as festas para empresas, a ceia e os almoços de Natal e passagem do ano, bem como a grande noite de Réveillon, atraem clientes de todo o mundo e, em particular, do Brasil. Momentos de partilha e celebração que Pascal e a sua equipa preparam ao mais ínfimo pormenor.

 

Restaurante Varanda do Ritz Four Season - Lisboa

 

 

Apesar deste frenesim de hóspedes, a cozinha chefiada por Meynard é um lugar sereno. O chef vê-se que é próximo da sua equipa – que faz questão de o cumprimentar sempre com sorriso. Percebe-se bem que há um espírito de união entre todos. Surpreende a atitude simpática de Pascal, contrariando um certo estereótipo de chef, mais autoritário e individualista na forma de trabalhar.  Aqui, encontrei um chef sempre dócil e atencioso e pronto a partilhar os seus conhecimentos. Mostra-nos as frutas e legumes que chegam de uma quinta do Alentejo, cujo nome não mais esquecerei: “Lugar do Olhar Feliz”. Talvez por isso, os pratos que se preparam tenham cores e sabores que nos deixam também com um ar satisfeito. Propostas sofisticadas, que convidam a uma digestão leve e com um toque fresco dos citrinos, ingrediente que o chef gosta de adicionar às suas receitas.

 

No Natal e no Ano Novo, o chef Pascal Meynard propôs como entradas e numa primeira opção Foe gras de pato, crocante de chocolate 70%, abóbora menina confit com fava Tonka, geleia de Grandjó. Como segunda opção, a pensar no Ano Novo, vieiras sautée, lavagante azul, legumes crocantes e emulsão de Kombava do Alentejo. Já como pratos principais, o chef elaborou uma lasanha de lagostins com pimenta Timut do Nepal, legumes com gengibre e lima. Para abrir o apetite a 2015, um salmonete com crocante de azeitona e mariniére de bivalves e emulsão de clorofila.

 

Menu Varanda do Ritz Four Seasons

 

Quanto às sobremesas?! Essas estão a cargo do Chef Pasteleiro Fabian, que nos adoça os sentidos com uma obra de arte: a efera de chocolate araguani, praline feuilletine, framboesa e hibiscus. Na passagem de ano, o chocolate voltou a ser o rei da noite, com um cremoso de chocolate Giandujá, ananás confit com lima e coentros, sorbet pina colada. Tudo testado e aprovado!

 

 

Maria José Martins

 

 

 

 

 

 

*Maria José Martins é coordenadora editorial do I´m in Motion e apreciadora da boa cozinha. Sempre que tem oportunidade adora reunir a família e os amigos à volta da sua mesa.

 

 

 

[fbcomments]